RSS

Foca na gostosa e vai!

“Se quer viver uma vida feliz, amarre-se a uma meta, não às pessoas nem às coisas” – Albert Einstein

Metas, metas, metas… A minha é ficar gostosa. Bem gostosa.
Já que sonhar é de graça e ter um objetivo ajuda na execução dos planos, resolvi que o meu é esse.

Por não ser muito adepta de exercícios físicos, nem quando estive bem magra consegui me achar gostosa. Em 2007, eu pesava entre 48 e 49 quilos (tenho 1,56) e a barriga ainda incomodava, as coxas grossas também. Mesmo magra, me sentia gorda. Não gorda exatamente, mas não com corpo de magra.

Agora quero o pacote todo: peso, físico e saúde. Para isso, estou me obrigando a fazer ginástica todos os dias, nem que seja por 20 minutos. São 20 minutos de suor e lágrimas e é nesse momento que entra a “gostosa” do dia. =P

Enquanto fico suando naquele aparelho de step, escuto as músicas de cantoras lindas. Sempre que penso em desistir e descer, lembro das mocinhas rebolando nos clipes e aquilo me dá ânimo de continuar. Meio bizarro, mas funciona. Rs

A mocinha aí da foto é a cantora Tulisa, que não é sarada, mas tem um corpo lindo.
As opções são infinitas! Shakira, Beyoncé, Katy Perry, Joss Stone… Escolha uma delas, foca na gostosura e vai. Coragem!

 
3 Comentários

Publicado por em 27 de setembro de 2012 em Dieta, Exercícios

 

Tags: , , , , ,

“Só por hoje”

“Gordo é como alcoólatra: depois que emagrece, tem que viver de dieta, senão volta a engordar”
Quem nunca ouviu essa frase?

Em 15 anos de emagrece-engorda-emagrece-engorda-emagrece-engorda, sou obrigada a concordar.
Embora não tenha muitas restrições alimentares e coma frutas, legumes e verduras numa boa, gosto muito de “porcarias”. Bolo, chocolate, coxinha, pizza… não resisto, confesso.

Esse “não resistir” é que vai engordando. Um dia você come um, no dia seguinte come outro e em um mês está comendo todos, ao mesmo tempo, a semana toda. No meu caso, que gosto de coisas saudáveis, é pura cara de pau mesmo, mas no caso de quem não come salada de jeito nenhum, entra a REEDUCAÇÃO ALIMENTAR.

Não sei vocês, mas eu odeio essas palavras. Mesmo.
Para qualquer ser humano que goste de um torresminho na feijoada e de um sorvetão depois da pizza, pensar em ser “treinado” a comer saladinha e fruta é uma lástima.
Mesmo porque, depois de várias dietas, você já está pós-graduado em alimentos saudáveis, funcionais, integrais, calóricos e afins. O que falta é vontade de trocar a delicinha por algo não tão apetitoso. Isso não se educa! É preciso determinação, objetivo, boa auto-estima e uma dose gigantesca de vergonha na cara.

Pois é, meus caros, o segredo do emagrecimento é a VERGONHA NA CARA. Eu, pelo menos, tenho bem pouca. Boicoto as minhas dietas com uma facilidade monstruosa, o que me faz viver em guerra com a balança.

Manter o peso pós-dieta ou reeducação alimentar é complicadíssimo. Primeiro porque você está contente com seu corpo e já não se preocupa tanto quanto antes, depois porque é difícil emagrecer e você começa a se permitir uns agradinhos como prêmio.

E não estou falando daquele papinho de psicólogo, de usar comida como “tapa-buraco” ou empanturrar-se quando a ansiedade está nas alturas. Estou falando de comer com prazer, em diversas situações. Tomar um café da tarde com bolo preparado pela avó, beber com os amigos no fim de semana, levar o namorado para comer uma pizza ou almoçar uma macarronada feita pela mamãe no domingo. Nem todo gordo tem depressão profunda e ataca a geladeira de madrugada ou senta na frente da TV com um pote de sorvete e come tudo, lamentando a vida.

Já percebi que comigo acontece o contrário. Engordo mais facilmente quando estou feliz. Adoro jantares, almoços, barezinhos, festinhas. Quanto mais animação, amigos e comemorações, melhor.

Por essas e outras é que estou adotando o método do AA, entoando o “só por hoje” e sendo menos feliz nas comemorações. No fim das contas, vai valer a pena. Estou com saudades da Li de 48 quilos, que usava calça 38 e andava leve.

Já que não se pode ter tudo, é importante escolher o que se quer AGORA. ;-)

 
Deixe um comentário

Publicado por em 18 de setembro de 2012 em #chatiada, Boicote, Dieta, Gordice, Nutrição

 

Tags: , , , , ,

M-O-R-R-E-N-D-O

Esse “stepper” que me dei de aniversário é incrível!

No caso, incrível é sinônimo de: me faz suar muito em apenas 15 minutos. (Dá uma olhada na cara de ‘sufrida’ da foto ao lado!)

Ainda estou no esquema de cinco minutos, desce, bebe uma água, cinco minutos, desce, bebe uma água, cinco minutos, desce, bebe uma água. Assim que eu conseguir fazer 10 minutos corridos, aumento para 20 minutos no total. O ideal é fazer 20 minutos direto, mas para quem não fazia atividade física nenhuma desde julho do ano passado, não dá para exigir muito condicionamento físico de cara.

Hoje eu tentei manter a alimentação dentro dos conformes. Só comi umas torradinhas além do que devia, mas nada que vá causar prejuízos, eu acho. Culpa da dona Odette (também conhecida como minha avó), que torra pão francês com um fio de azeite e orégano e ainda faz café fresquinho junto. Não há quem resista!

A sacola de “marmita” de amanhã também já está pronta. Um mix de farelo de aveia e quinoa, para misturar na vitamina da manhã, e um preparado de cappuccino, feito com leite em pó desnatado, café solúvel e achocolatado light. Também vou levar uma porção de morangos para a sobremesa do almoço, pq sempre me dá uma vontade insana de comer doce.

Alguém aí que faz dieta e está acompanhando o blog tem dicas? Vocês andam muito quietinhos! Faz o favor de deixar um comentário aqui embaixo, porque eu sou gordinha e estou carente. ;-)

 
4 Comentários

Publicado por em 3 de setembro de 2012 em Dieta, Exercícios, Nutrição

 

Tags: , , ,

Fiscal de prato alheio

Se existe uma coisa extremamente irritante para quem faz dieta, são os “fiscais de prato”. Você resolve dar uma escorregada, comer um ovinho frito, uma fatia de mortadela, um chocolate… e lá vem um ser humano dizer “depois reclama que está gorda”.

Olha, meu filho, eu sei que estou gorda. Sei muito mais do que você, inclusive. Eu me vejo pelada todos os dias, sinto dor nos joelhos se preciso andar ou ficar em pé muito tempo e convivo com aquela dificuldade diária em calçar meias e tênis. Só que comer é bom, é muito bom, e mesmo quem está acima do peso merece um momento de felicidade alimentar para compensar as alfaces ingeridas.

A impressão que dá é que ninguém te considera suficientemente capaz de se controlar diante de uma gostosura. Como se, sem o aviso, você não percebesse que está diante de algo calórico. Irritante, de fato.

Todo mundo tem seu momento pé na jaca. Seja dormindo mais do que deve, bebendo mais do que deve, passando tempo demais na internet, enquanto as obrigações esperam, e ninguém quer ser cutucado com cobrança de moderação.

É possível ajudar quem está de dieta sem ser chato. Incentivo e cobrança são coisas bem diferentes e com resultados diferentes também. Pense nisso!

 
Deixe um comentário

Publicado por em 2 de setembro de 2012 em #chatiada, Dieta, Gordice

 

Tags: , , , ,

Caindo, mas indo!

Comer direito é difícil, muito, muito, muito difícil. Depois da descambada do mês passado, estou voltando aos poucos para o caminho.

A única coisa boa dos últimos tempos é que estou mais animada com relação aos exercícios. Sempre me arrasto para as aulas de Pilates, mas durante os exercícios eu vou curtindo. Fora que aquelas dorezinhas musculares no dia seguinte são um incentivo para não enfiar o pé na jaca, né? Ninguém que ver seu sofrimento jogado no lixo. =P

A animação com relação aos exercícios foi tanta que me dei um presentinho saudável de aniversário: essa coisa da foto aqui ao lado.
Pois é, Brasil… as coisas mudam!

Achei que fazer os 20 minutos recomendados na caixa seria facílimo. Depois de cinco minutos, quase tive um troço, me joguei na cama e precisei de mais uns 5 minutos para reduzir os batimentos cardíacos. No fim, entre morrer e parar, consegui fazer uns 12 minutos de exercícios. Cansa demaaaais, sua bastante, mas é bem agradável. Juro.

Com a nova aquisição, pretendo aumentar o volume de atividade física aos poucos, até que eu faça alguma coisinha todos os dias. Uns dias de caminhada, outros de Pilates e outros de exercícios em casa. Uma hora isso tudo começa a fazer efeito. Espero.

Agora preciso é tomar vergonha na cara e voltar aos alimentos saudáveis e pouco calóricos. Se depender da compra que fiz hoje à tarde, está tudo no caminho. Muitas frutas, alimentos integrais e com baixo teor de açúcar.

Difícil e não comer bobeira fora de casa, né? Mas… vamos que vamos. ;-)

 
3 Comentários

Publicado por em 1 de setembro de 2012 em #chatiada, Dieta, Exercícios, Gordice

 

Tags: , , ,

Abandono de causa

Na última semana eu sumi por uma única razão: vergonha.
Ignorei dieta, caminhada, blog, tudo. Comi o que deu vontade, sem pensar no amanhã. Agora estou me achando gorda e irresponsável. =(

O pior de tudo é que no fim de semana tem casamento e vocês sabem como é, né? Já estou me preparando psicologicamente para começar tudo de novo na segunda-feira.

Descobri que não consigo manter o esquema de dieta sozinha. Um dia faço direito, no outro mais ou menos, então estou pensando no caminho a seguir daqui para frente. Não sei se volto ao Vigilantes do Peso, que já fiz em 2007 e sei que funciona, ou se procuro um nutricionista e tento algo diferente.

Preciso de controle, sabe? Senão a coisa descamba ladeira abaixo. Também acho bacana ter orientação, porque muitas vezes achamos que estamos fazendo a coisa certa, mas não estamos. Até segunda-feira eu decido o que fazer e volto aqui para contar.

A boa notícia é que o Pilates está em dia! Eu gosto desse tipo de exercício, que não dá tédio como academia nem faz suar loucamente. Não fiquei tão dolorida na aula passada e já estou com vontade de ir de novo. o/

Não desistam de mim por enquanto! Prometo que volto aos trilhos. ;-)

 
Deixe um comentário

Publicado por em 16 de agosto de 2012 em #chatiada, Dieta, Exercícios, Gordice

 

Tags: , , , ,

Vocês venceram!

A foto ao lado não foi encontrada no Google ou tirada de algum blog de ginástica. É o estúdio onde farei pilates uma vez por semana, toda sexta-feira. Acho que mereço felicitações e tapinhas nas costas, né? \o/

Embora eu tenha – FINALMENTE – resolvido fazer uma atividade física, a dieta foi para as cucuias. Na semana passada, acabei trabalhando demais, até bem tarde, e desregulei todos os horários de refeição e também o que comia. Mandei ver em doces, bolos, bobagens diversas… foi uma catástrofe!

O medo de encarar a balança foi tanto, que não fiz questão nem de passar perto da bichinha esses dias. Assim que eu conseguir voltar ao trilho, volto a me pesar. Por enquanto, a meta é caminhar durante a semana, para ganhar condicionamento físico para o pilates.

A primeira aula, na semana passada, foi bem legal. Fiz quase um ano de pilates em 2010 e gostava bastante. Acabei mudando de casa e parando com todos os exercícios. Até tentei fazer academia durante seis meses, mas dava as caras no estabelecimento duas vezes por semana e olhe lá. Odiava. Muito.

Agora vamos que vamos. Coragem para voltar a comer direitinho e determinação para fazer exercício na sexta-feira à noite. Se quiserem me dar uns abraços, além das felicitações e tapinhas nas costas, também aceito.

 
3 Comentários

Publicado por em 7 de agosto de 2012 em #chatiada, Dieta, Exercícios, Gordice, Medo

 

Tags: , , , ,